Irmandade de Santo António do Convento de São Francisco da Guarda

Description level
Fonds Fonds
Reference code
PT/ADGRD/CIM/IRMSAGRD
Title type
Formal
Date range
1833-05-26 Date is certain to 1833-05-26 Date is certain
Dimension and support
1 liv.
Biography or history
A Irmandade de Santo António foi ereta no Convento de São Francisco da cidade da Guarda, onde tinha altar próprio.

Esta "Irmandade", à semelhança de outras regia-se por “Compromisso” que dispunha, sobre os seus "usos" e costumes e a sobre a prática de diversos atos religiosos a que por este estava obrigada.

À Irmandade de Santo António, bem como uma outra de São Brás, ambas do "convento de Sâo Francisco da Província de Portugal" é feita referência nas "Memórias Paroquias" de 1758.

No compromisso é feita referência à antiguidade da Irmandade, "fundada e criada por secular", cujo antigo compromisso e práticas, teriam sido "aruinados" pela "Guerra Peninsular", depois de 1808.

Por isso, "e para observancia dos antigos uzos" a Irmandade de Santo António, reunida em "Meza Geral", aprovou novo "Compromisso", em 21 de Maio de 1833.

A sua extinção ocorre em data desconhecida, mas será certo que esta Irmandade terá ainda sobrevivido à extinção das Ordens Religiosas que teve lugar na sequência do Decreto assinado por D. Pedro IV, em 28 de maio e publicado em 30 de maio de 1834. Sabemos que no início do ano de 1854, corria em juízo, um libelo de dívida pelo qual juíz, tesoureiro e mais oficiais da Irmandade, reivindicam o pagamento de uma dívida (vide Libelo com a refª PT/ADGRD/JUD/TJGRD/A/011/00111) e que em 1857, foi sagrada um cálice e uma patena, o que, aparentemente, pode querer demonstrar a plena atividade da Irmandade.

Arrangement
Ordem original de produção.
Other finding aid
Inventário e catálogo
Creation date
4/2/2019 9:54:03 AM
Last modification
8/12/2019 12:52:54 PM