Visitações e devassas.

Description level
Series Series
Reference code
PT/ADGRD/DIO/DIOGRD/B/001
Title type
Atribuído
Date range
1624-04-25 Date is uncertain to 1815-11-14 Date is uncertain
Dimension and support
11 liv.
Biography or history
O Concílio Tridentino impunha aos bispos a obrigação de visitar anualmente as freguesias do seu bispado. Tal objetivo era impossível de realizar, quer pela extensão de algumas dioceses, ou ainda por dificuldades de ordem vária. Assim, os bispos desempenhavam essa missão por interposta pessoa, que podia ser o Provisor, o Vigário Geral, ou ainda outros elementos conceituados do clero local.



As visitas não se destinava apenas a inspecionar aspetos relativos ao culto, mas também a exercer uma vigilância sobre os comportamentos sociais, através do julgamento dos “pecadores públicos”.



Assim, da inspeção resultavam livros de visitas e/ou de devassas onde se registava a “inspeção” feita às igrejas (nomeadamente às alfaias, livros, obras de arte e relíquias de circunscrição paroquial), às capelas e aos oratórios. Tratam ainda da observância da liturgia, do direito católico, da punição dos reincidentes, da promoção do clero, do número de pessoas e fogos das paróquias, da profissão das testemunhas e culpados, dos costumes locais, dos direitos dos visitadores (em géneros e dinheiro), da construção e destruição de igrejas, da sua reparação e restauro e da colocação dos objetos de culto.
Acquisition information
Documentação proveniente da Diocese da Guarda e transferida para o ADGRD, a título de depósito, em 17 de junho de 2021.
Scope and content
Registos de visitas e devassas dos arciprestados de Castelo Branco, Covilhã, Fundão e Celorico da Beira, distrito da Covilhã, aro da cidade da Guarda e
Creation date
2/3/2022 11:31:58 AM
Last modification
3/6/2023 12:55:54 PM